Bem-vindos ao site do Focep!


 

Prev Next Page:

Ofício Circular nº 24/2020 - CONEP

Notícias 27-07-2021 Lilian Russo

Ofício Circular nº 24/2020 - CONEP

A Conep reforça a importância de se conhecer o conteúdo do Ofício Circular nº 24/2020, que traz importantes informações sobre a tramitação no Sistema CEP/Conep de protocolos de pesquisa sobre a Covid-19.Acesse o Ofício Circular nº 24/2020 em https://is.gd/E77z8A 

Read more

Rastreamento genético do "Plasmodium vivax" pode impulsionar vacina e tratamentos contra malária

Notícias 27-07-2021 Lilian Russo

Rastreamento genético do "Plasmodium vivax" pode impulsionar vacina e tratamentos contra malária

A malária vivax, causada pelo parasito Plasmodium vivax, é a variedade mais comum da doença fora da África, sendo responsável por 80% dos casos no Brasil. Para ela, ainda não existe vacina. Quase dois terços dos casos envolvendo a espécie se concentram em países do Sul da Ásia e parte da África Orienta...

Read more

Enfermagem conta com novas metodologias para tratamento de transtornos mentais

Notícias 27-07-2021 Lilian Russo

Enfermagem conta com novas metodologias para tratamento de transtornos mentais

O conceito de saúde, além de abranger o bem-estar físico e social do indivíduo, não prescinde da saúde mental. O tratamento para quem sofre de transtornos mentais, sejam quais forem, requer mais do que a prescrição de medicamentos, pois é imprescindível

Read more

Pesquisa abre caminho para diagnóstico precoce da neuropatia diabética

Notícias 08-07-2021 Lilian Russo

Pesquisa abre caminho para diagnóstico precoce da neuropatia diabética

Resultados de uma pesquisa conduzida na Universidade Cruzeiro do Sul podem contribuir para o diagnóstico mais precoce da neuropatia diabética – distúrbio caracterizado por lesões nos nervos periféricos e que pode causar sintomas como dor, formigamento ou perda de sensibilidade, principalmente em pés e pernas.

Read more

Pela primeira vez, Brasil participa de ensaio clínico de medicamento para ataxia de Friedreich

Notícias 06-07-2021 Lilian Russo

Pela primeira vez, Brasil participa de ensaio clínico de medicamento para ataxia de Friedreich

Uma luz no fim do túnel. É assim que a terapia à base de molécula de vatiquinona está sendo vista por pacientes com ataxia de Friedreich e seus familiares. E o Brasil está participando, pela primeira vez na história, de ensaios clínicos para estudo de um medicamento voltado para tratamento e cura dessa condiçã...

Read more

Pesquisa busca compreender o que o brasileiro pensa sobre a vacina da COVID-19 Destaque

vacinainjecaoCientistas do Departamento de Medicina da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) convidam pessoas de todas as regiões do Brasil para participar de uma pesquisa que busca compreender as concepções que a população brasileira tem sobre a vacinação contra a COVID-19.

O projeto é coordenado por Henrique Pott Junior, docente da UFSCar.

Estão sendo convidadas pessoas de qualquer região do Brasil, a partir de 18 anos de idade, para responder um questionário on-line. O tempo de resposta é de, no máximo, 10 minutos. O questionário ficará disponível até 2022.

Em entrevista à Coordenadoria de Comunicação Social da UFSCar, Pott aponta que nos últimos anos tem-se observado um aumento constante na recusa de vacinas, resultando em vários surtos de doenças evitáveis por esses imunizantes. “Esse problema tem sido atribuído a uma série de fatores, entre eles a relativa raridade de muitas doenças evitáveis por vacinas, aliada à percepção pública de que a gravidade e a suscetibilidade da doença são muito baixas, além de preocupações relacionadas à eficácia e segurança da vacina”, reflete o docente.

O intuito da pesquisa é identificar quais fatores estão associados à hesitação vacinal e à falta de confiança nas vacinas a fim de subsidiar estratégias individuais ou coletivas para as vacinas, acolhimento e orientação.

Pott também explica que o delineamento amostral da pesquisa foi pensado para oferecer subsídios direcionados tanto à comunidade acadêmica quanto para a população brasileira em geral. “Acredita-se que o levantamento dessas informações poderá ser útil para o cuidado em saúde durante e após esta pandemia, podendo fornecer subsídios para estabelecimento de um plano nacional de imunização mais resolutivo”, complementa.

Os resultados do estudo poderão ser importantes tanto para o desenvolvimento de futuros protocolos de pesquisas quanto para o direcionamento de intervenções clínicas ou ações públicas, abrindo a possibilidade de um cuidado mais integral e abrangente dos indivíduos.

Agência Fapesp - com informações da Coordenadoria de Comunicação Social da UFSCar.
foto: Angelo Esslinger/Pixabay

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.