Bem-vindos ao site do Focep!


 

Prev Next Page:

Vírus do HIV é eliminado do genoma de animais vivos em pesquisa nos EUA

Notícias 04-07-2019 Lilian Russo

Vírus do HIV é eliminado do genoma de animais vivos em pesquisa nos EUA

Cientistas das universidades de Temple e Nebraska, nos Estados Unidos, eliminaram pela primeira vez o vírus responsável pela Aids do genoma de animais vivos. A pesquisa que conseguiu realizar o experimento foi divulgada na terça-feira (2) em artigo na revista “Nature Communications”.

Read more

Cientistas descobrem composto químico letal para a bactéria da tuberculose

Notícias 03-07-2019 Lilian Russo

Cientistas descobrem composto químico letal para a bactéria da tuberculose

Um estudo do Instituto de Medicina Social e Preventiva na Universidade de Berna, na Suíça, mostra que a alta taxa de mortalidade em decorrência da tuberculose está ligada a falhas na realização de exames diagnósticos. Segundo os autores, casos da doença resistente a antibióticos não são detectáve...

Read more

'Há um grande esforço para fazer pesquisa clínica no Brasil

Notícias 18-06-2019 Lilian Russo

'Há um grande esforço para fazer pesquisa clínica no Brasil

Uma das áreas mais afetadas pelos anunciados cortes orçamentários do governo federal, a pesquisa científica abrange desde novas tecnologias para aumentar a segurança em barragens até o desenvolvimento de medicamentos para combater epidemias. Este último segmento, o de pesquisa clínica, é responsável pela desc...

Read more

Nova técnica de edição genética evita mutações involuntárias

Notícias 13-06-2019 Lilian Russo

Nova técnica de edição genética evita mutações involuntárias

Pesquisadores anunciaram ontem, quarta-feira, que encontraram uma nova técnica de edição genética que não "corta" o DNA, o que evita o aparecimento de mutações indesejadas no genoma, um problema dos métodos utilizados até agora.Esta nova tecnologia "funciona mais como um cola molecular que como tesouras moleculares"...

Read more

Agradecimento - Reunião de 10 de junho

Notícias 10-06-2019 Lilian Russo

Agradecimento - Reunião de 10 de junho

Agradecemos a todos que nos acompanharam na reunião de hoje do FOCEP e a todos que enviaram suas dúvidas. A próxima reunião será no dia 31 de julho - CURSO INTERCEPs - FOCEP Sala Luiz Tenorio de Lima – sala C

Read more

Medicamento Lynparza tem uso ampliado

cancerovario1A Anvisa aprovou, na última quinta-feira (7/2), por meio da Resolução RE 333/2019, a ampliação de uso do Lynparza (olaparibe), utilizado no tratamento de câncer de ovário. O medicamento está registrado na Agência desde 2017.
Até então, a indicação aprovada era para manutenção de pacientes adultas com carcinoma de ovário seroso de alto grau (grau 2 ou maior) recidivado, sensi´vel a' platina, com mutação no gene de suscetibilidade ao câncer de mama. Com a ampliação de uso, o Lynparza (olaparibe) agora pode ser indicado também para pacientes adultos com insuficiência hepática leve ou moderada.

A alteração proposta é decorrente da revisão de dados farmacocinéticos e de segurança resultantes da conclusão do estudo D0816C00005, um estudo de fase 1 comparativo, aberto, não aleatorizado, multicêntrico, para determinar a farmacocinética, a segurança e a tolerabilidade do Lynparza (olaparibe) após a administração de uma dose oral única de comprimidos de 300 mg em pacientes com tumores sólidos avançados, avaliando-se aquelas participantes com função hepática normal ou com insuficiência hepática leve ou moderada.

Doença
Segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca), o câncer de ovário é a segunda neoplasia ginecológica mais comum, atrás apenas do câncer do colo do útero. Para o ano passado, a estimativa do Inca foi de 6.150 novos casos. A detecção pode ser feita por meio da investigação com exames clínicos, laboratoriais ou radiológicos, de pessoas com sinais e sintomas sugestivos da doença (diagnóstico precoce), ou com o uso de exames periódicos em pessoas sem sinais ou sintomas (rastreamento), mas pertencentes a grupos com maior chance de ter a doença.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.