Bem-vindos ao site do Focep!


 

Prev Next Page:

Hospital Moinhos de Vento busca pacientes voluntários para pesquisas de novos tratamentos

Notícias 15-09-2021 Lilian Russo

Hospital Moinhos de Vento busca pacientes voluntários para pesquisas de novos tratamentos

O Centro de Pesquisa Clínica do Hospital Moinhos de Vento busca novos voluntários para participarem de estudos sobre terapias e abordagens para o tratamento de diferentes doenças. O espaço existe há 19 meses e, atualmente, tem 102 pesquisas em andamento.Os estudos são patrocinados por parceiros ou por iniciativa do investigador — ...

Read more

Link para reunião do Focep do dia 27 de setembro

Notícias 14-09-2021 Lilian Russo

Link para reunião do Focep do dia 27 de setembro

Próxima reunião do Focep! Data: 27 de setembro (segunda-feira) Horário: das 10 às 12h Tema "Especificidades dos estudos com genéricos e dispositivos para a saúde"

Read more

Pesquisadores buscam vacina capaz de neutralizar o novo coronavírus ainda no nariz

Notícias 03-09-2021 Lilian Russo

Pesquisadores buscam vacina capaz de neutralizar o novo coronavírus ainda no nariz

Uma vacina em forma de spray nasal de fácil aplicação, baixo custo, proteção duradoura inclusive contra variantes e capaz de bloquear a ação do novo coronavírus ainda no nariz, onde começam as infecções. Esse é o objetivo de um projeto que está sendo desenvolvido por um grupo de pesquisad...

Read more

Grupo da USP identifica sete fármacos com potencial para serem testados contra o SARS-CoV-2

Notícias 01-09-2021 Lilian Russo

Grupo da USP identifica sete fármacos com potencial para serem testados contra o SARS-CoV-2

Por meio de uma técnica conhecida como reposicionamento de fármacos, pesquisadores do Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo (ICB-USP)

Read more

Reunião do Focep - 27 de setembro

Notícias 31-08-2021 Lilian Russo

Reunião do Focep - 27 de setembro

Ontem, 30 de agosto, tivemos nossa reunião do Focep sobre: "Especificidades éticas dos estudos com cosméticos e alimentos" e contamos com a presença de Angela Soares, Ariadne Morais e Flavia Addor com excelentes discussões sobre os temas.

Read more

Estudo no "The Lancet" não recomenda dose de reforço contra Covid-19

vacina 85 parque da uva dia 3 26Uma revisão de estudos publicada nesta segunda-feira (13) no jornal científico The Lancet, não recomenda doses de reforço das vacinas contra Covid-19 na fase atual da pandemia, dada a alta eficácia dos imunizantes na prevenção de casos graves da doença.
O estudo mostra também que, mesmo em populações com alta cobertura de vacinação, a minoria não vacinada ainda é a principal causa de transmissão do vírus Sars-CoV-2 e apresenta maior risco de casos graves de Covid-19.


“Mesmo que algum ganho possa ser obtido com o reforço, isso não superará os benefícios de fornecer proteção inicial aos não vacinados. Se as vacinas forem implantadas onde fariam mais bem,

elas poderiam acelerar o fim da pandemia, inibindo a evolução das variantes”, explica Ana-Maria Henao-Restrepo, pesquisadora que liderou o estudo, em comunicado.

A pesquisa reúne dados de ensaios clínicos e estudos observacionais, publicados em periódicos científicos ou ainda não revisados pares. Entre os autores, estão especialistas do mudo todo, incluindo da Organização Mundial de Sáude (OMS) e da agência reguladora Food and Drug Administration (FDA),a Anvisa dos Estados Unidos.

Embora as vacinas sejam menos eficazes contra casos assintomáticos, a revisão mostrou que elas apresentaram 95% de eficácia contra formas graves de Covid-19, considerando tanto a variante Delta (B.1.617.2) quanto a Alfa (B.1.1.7). Além disso, a efetividade geral, levando em conta qualquer tipo de infecção pelas duas cepas, foi de 80%. Já considerando a vacinação contra qualquer tipo de variante, a eficácia foi maior contra Covid-19 grave do que em infecções com sintomas mais leves.

“As vacinas disponíveis atualmente são seguras, eficazes e salvam vidas. Embora a ideia de reduzir ainda mais o número de casos de Covid-19 por meio do aumento da imunidade em pessoas vacinadas seja atraente, qualquer decisão de fazê-lo deve ser baseada em evidências e considerar os benefícios e riscos para os indivíduos e a sociedade”, salienta Soumya Swaminathan, cientista coautor do estudo.

Fonte: Revista Galileu - Foto: Prefeitura de Jundiaí

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.