Bem-vindos ao site do Focep!


 

Prev Next Page:

"Estudos de Bioequivalência X Confinamento de voluntários X Pandemia da Covid-19"

Notícias 22-05-2020 Lilian Russo

Hoje,22 de maio, aconteceu a webinar: "Estudos de Bioequivalência X Confinamento de voluntários X Pandemia da Covid-19" organizada pela SBPPC, que contou com a presença de:- Dr. Alfredo Mansur - Coordenador CEP da USP - Conep- Dr. Claudiosvan M. A. de Souza - Coordenador da CPEC/Anvisa?MS- Dr. Eduardo A. F. fernandes - Coordenador de Equivalência terap...

Read more

Webinar: "Estudos de Bioequivalência X Confinamento de Voluntários X Pandemia da Covid-19"

Notícias 21-05-2020 Lilian Russo

Webinar: "Estudos de Bioequivalência X Confinamento de Voluntários X Pandemia da Covid-19"

Webinar: "Estudos de Bioequivalência X Confinamento de Voluntários X Pandemia da Covid-19"Dia: 22 de maio de 2020Horário: das 10 às 12h.Inscrições e outras informações:www.sbppc.org.br(11) 96731-3726 Evento gratuito.Participe!Você poderá fazer perguntas via chat. Foi criado um Grupo do WatsApp para perguntas; c...

Read more

Hormônios femininos podem ter papel protetor contra coronavírus

Notícias 14-05-2020 Lilian Russo

Hormônios femininos podem ter papel protetor contra coronavírus

Não há um claro predomínio de homens ou mulheres nos indivíduos diagnosticados globalmente com COVID-19. No entanto, a maioria dos que são hospitalizados ou vão a óbito, ou seja, que desenvolvem a doença de forma mais grave, é constituída por homens. Segundo a organização Global Health 50/50, ma...

Read more

Medicamento anticoagulante reduz em 70% a infecção de células pelo novo coronavírus

Notícias 08-05-2020 Lilian Russo

Medicamento anticoagulante reduz em 70% a infecção de células pelo novo coronavírus

Estudo conduzido por pesquisadores da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e colaboradores europeus revela um possível novo mecanismo de ação do fármaco heparina no tratamento da COVID-19. Além de combater distúrbios de coagulação que podem afetar vasos do pulmão e prejudicar a oxigenação...

Read more

Pesquisadores do Butantan combinam técnicas de biotecnologia para formular vacina contra COVID-19

Notícias 04-05-2020 Lilian Russo

Pesquisadores do Butantan combinam técnicas de biotecnologia para formular vacina contra COVID-19

Pesquisadores do Instituto Butantan vão combinar técnicas inovadoras de biotecnologia para formular uma nova vacina contra COVID-19. O objetivo é induzir no organismo, de modo mais efetivo, diferentes tipos de resposta imune contra o novo coronavírus (SARS-CoV-2). A nova estratégia é inspirada em um mecanismo usado por certas bact&eacu...

Read more

Como descartar medicamentos? Posso doar remédios?

Sabe aquela cartela de comprimidos que está esquecida —possivelmente até vencida— dentro de uma gaveta na sua casa? Como se desfazer dela? Se a primeira coisa que vem à cabeça é “lixo”, cuidado. Jogar remédios em lixeiras comuns ou em pias e privadas não é certo. O correto é encontrar um local adequado de descarte, como farmácias que têm posto de coleta. Não são, porém, todas as farmácias ou unidades básicas de saúde que fazem a coleta.
Pelo site Programa Descarte Consciente é possível encontrar locais que cuidam da coleta e destinação adequada ao remédio. Pílulas e cápsulas 60% da população brasileira lê a bula do remédio, segundo pesquisa publicada na Revista Brasileira de Epidemiologia - Freepik Segundo Éverton Borges, membro do Conselho Federal de Farmácia, o descarte incorreto leva a danos ambientais, como contaminação de água, solo e animais, e gera risco de impacto em populações vulneráveis, como quem trabalha em lixões. “Temos um consumo exagerado e irracional de medicamentos. Hoje é muito fácil adquiri-los, então há remédios em excesso, sem indicação. Acabamos com muitos medicamentos sobrando em casa”, diz Borges. Segundo o especialista, a indústria poderia facilitar o fracionamento dos medicamentos, evitando, dessa forma, que pacientes adquirissem embalagens maiores do que o necessário. Ele diz, contudo, que há resistência do setor para que haja a mudança. Se não podemos jogar no lixo, então não tem problema doar um remédio ainda não vencido, certo? Não exatamente. Mesmo dentro da validade e sendo doado por pura caridade ou ajuda, a boa ação pode provocar problemas em quem consumir o remédio. Borges diz que medicamentos como pomadas e xaropes vencem pouco tempo após abertos. O modo como a droga é guardada também pode alterar sua ação e eficácia. Por isso, o melhor é não doar e não aceitar doações de remédios. Folha de São Paulo

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.