Bem-vindos ao site do Focep!


 

Prev Next Page:

"Estudos de Bioequivalência X Confinamento de voluntários X Pandemia da Covid-19"

Notícias 22-05-2020 Lilian Russo

Hoje,22 de maio, aconteceu a webinar: "Estudos de Bioequivalência X Confinamento de voluntários X Pandemia da Covid-19" organizada pela SBPPC, que contou com a presença de:- Dr. Alfredo Mansur - Coordenador CEP da USP - Conep- Dr. Claudiosvan M. A. de Souza - Coordenador da CPEC/Anvisa?MS- Dr. Eduardo A. F. fernandes - Coordenador de Equivalência terap...

Read more

Webinar: "Estudos de Bioequivalência X Confinamento de Voluntários X Pandemia da Covid-19"

Notícias 21-05-2020 Lilian Russo

Webinar: "Estudos de Bioequivalência X Confinamento de Voluntários X Pandemia da Covid-19"

Webinar: "Estudos de Bioequivalência X Confinamento de Voluntários X Pandemia da Covid-19"Dia: 22 de maio de 2020Horário: das 10 às 12h.Inscrições e outras informações:www.sbppc.org.br(11) 96731-3726 Evento gratuito.Participe!Você poderá fazer perguntas via chat. Foi criado um Grupo do WatsApp para perguntas; c...

Read more

Hormônios femininos podem ter papel protetor contra coronavírus

Notícias 14-05-2020 Lilian Russo

Hormônios femininos podem ter papel protetor contra coronavírus

Não há um claro predomínio de homens ou mulheres nos indivíduos diagnosticados globalmente com COVID-19. No entanto, a maioria dos que são hospitalizados ou vão a óbito, ou seja, que desenvolvem a doença de forma mais grave, é constituída por homens. Segundo a organização Global Health 50/50, ma...

Read more

Medicamento anticoagulante reduz em 70% a infecção de células pelo novo coronavírus

Notícias 08-05-2020 Lilian Russo

Medicamento anticoagulante reduz em 70% a infecção de células pelo novo coronavírus

Estudo conduzido por pesquisadores da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e colaboradores europeus revela um possível novo mecanismo de ação do fármaco heparina no tratamento da COVID-19. Além de combater distúrbios de coagulação que podem afetar vasos do pulmão e prejudicar a oxigenação...

Read more

Pesquisadores do Butantan combinam técnicas de biotecnologia para formular vacina contra COVID-19

Notícias 04-05-2020 Lilian Russo

Pesquisadores do Butantan combinam técnicas de biotecnologia para formular vacina contra COVID-19

Pesquisadores do Instituto Butantan vão combinar técnicas inovadoras de biotecnologia para formular uma nova vacina contra COVID-19. O objetivo é induzir no organismo, de modo mais efetivo, diferentes tipos de resposta imune contra o novo coronavírus (SARS-CoV-2). A nova estratégia é inspirada em um mecanismo usado por certas bact&eacu...

Read more

Pesquisadores descobrem gene que torna o câncer invisível ao tratamento Destaque

cancerthiCientistas americanos identificaram um gene que esconde as células cancerígenas da imunoterapia. Em uma análise laboratorial, os investigadores observaram que o DUX4, presente nos tumores, pode impedir que o problema seja reconhecido e combatido pelo sistema imunológico. Os dados do estudo, publicado na revista Developmental Cell, podem contribuir para aprimorar terapias oncológicas.

A equipe analisou os perfis de expressão gênica de cerca de 10 mil cânceres de 33 tipos de tumores. Nas análises, descobriu que o DUX4 — conhecido principalmente por sua ligação à distrofia fascio-escápulo-umeral, um tipo de distrofia muscular progressiva — impede que as células imunológicas reconheçam as cancerígenas. Os cientistas explicam, no artigo, que pacientes cujos tumores expressavam o gene são menos propensos a responder à imunoterapia.

Como o DUX4 é expresso em muitos tipos de câncer, o bloqueio de sua atividade pode aumentar o sucesso dos inibidores do ponto de verificação imunológico, segundo os especialistas. “A imunoterapia pode ser incrivelmente poderosa contra cânceres previamente intratáveis, mas ainda não é eficaz para a maioria dos pacientes. Compreender os mecanismos que impedem o sistema imunológico de identificar e atacar tumores é um primeiro passo para encontrar a cura para todos os pacientes”, frisa, em comunicado, Robert Bradley, um dos autores do estudo e pesquisador do Centro de Pesquisa do Câncer Fred Hutchinson, nos Estados Unidos.
O gene DUX4 é normalmente expresso no desenvolvimento inicial da doença, quando as células precisam evitar a detecção pelo sistema imunológico. “Esse estudo sugere que as células cancerígenas expressam DUX4 para sabotar um programa de atividade imunológica anticâncer precoce”, ressalta Robert Bradley. Segundo os autores do estudo, não há aumento do risco de câncer em indivíduos com distrofia fascio-escápulo-umeral, o que indica que as células cancerosas devem usar o gene exclusivamente para se defender.

Veículo: Correio Braziliense
(foto: Thiago Fagundes/CB/D.A Press )

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.