Bem-vindos ao site do Focep!


 

Prev Next Page:

"Estudos de Bioequivalência X Confinamento de voluntários X Pandemia da Covid-19"

Notícias 22-05-2020 Lilian Russo

Hoje,22 de maio, aconteceu a webinar: "Estudos de Bioequivalência X Confinamento de voluntários X Pandemia da Covid-19" organizada pela SBPPC, que contou com a presença de:- Dr. Alfredo Mansur - Coordenador CEP da USP - Conep- Dr. Claudiosvan M. A. de Souza - Coordenador da CPEC/Anvisa?MS- Dr. Eduardo A. F. fernandes - Coordenador de Equivalência terap...

Read more

Webinar: "Estudos de Bioequivalência X Confinamento de Voluntários X Pandemia da Covid-19"

Notícias 21-05-2020 Lilian Russo

Webinar: "Estudos de Bioequivalência X Confinamento de Voluntários X Pandemia da Covid-19"

Webinar: "Estudos de Bioequivalência X Confinamento de Voluntários X Pandemia da Covid-19"Dia: 22 de maio de 2020Horário: das 10 às 12h.Inscrições e outras informações:www.sbppc.org.br(11) 96731-3726 Evento gratuito.Participe!Você poderá fazer perguntas via chat. Foi criado um Grupo do WatsApp para perguntas; c...

Read more

Hormônios femininos podem ter papel protetor contra coronavírus

Notícias 14-05-2020 Lilian Russo

Hormônios femininos podem ter papel protetor contra coronavírus

Não há um claro predomínio de homens ou mulheres nos indivíduos diagnosticados globalmente com COVID-19. No entanto, a maioria dos que são hospitalizados ou vão a óbito, ou seja, que desenvolvem a doença de forma mais grave, é constituída por homens. Segundo a organização Global Health 50/50, ma...

Read more

Medicamento anticoagulante reduz em 70% a infecção de células pelo novo coronavírus

Notícias 08-05-2020 Lilian Russo

Medicamento anticoagulante reduz em 70% a infecção de células pelo novo coronavírus

Estudo conduzido por pesquisadores da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e colaboradores europeus revela um possível novo mecanismo de ação do fármaco heparina no tratamento da COVID-19. Além de combater distúrbios de coagulação que podem afetar vasos do pulmão e prejudicar a oxigenação...

Read more

Pesquisadores do Butantan combinam técnicas de biotecnologia para formular vacina contra COVID-19

Notícias 04-05-2020 Lilian Russo

Pesquisadores do Butantan combinam técnicas de biotecnologia para formular vacina contra COVID-19

Pesquisadores do Instituto Butantan vão combinar técnicas inovadoras de biotecnologia para formular uma nova vacina contra COVID-19. O objetivo é induzir no organismo, de modo mais efetivo, diferentes tipos de resposta imune contra o novo coronavírus (SARS-CoV-2). A nova estratégia é inspirada em um mecanismo usado por certas bact&eacu...

Read more

Nova técnica de edição genética evita mutações involuntárias Destaque

download 24Pesquisadores anunciaram ontem, quarta-feira, que encontraram uma nova técnica de edição genética que não "corta" o DNA, o que evita o aparecimento de mutações indesejadas no genoma, um problema dos métodos utilizados até agora.
Esta nova tecnologia "funciona mais como um cola molecular que como tesouras moleculares", apelido da técnica atual, resume a equipe científica, em um comunicado da Universidade de Columbia (Nova York).

Desenvolvida desde 2012 e agora utilizada em milhares de laboratórios de pesquisa do mundo todo, a técnica Crispr-Cas9 revolucionou a edição genética.

Permite modificar com rapidez e precisão uma parte do genoma - por exemplo, para eliminar um gene que sofreu mutação portador de uma doença ou para fazer com que uma planta seja mais resistente -, como se corrigiria um erro em um texto.

Este método consiste em cortar o DNA no lugar preciso mediante uma enzima, daí seu nome de "tesouras moleculares". Depois recorre aos mecanismos de autorreparação da célula, que "cola" os filamentos de DNA, às vezes segundo uma sequência de DNA sintética sem anomalia fornecida pelos pesquisadores.

Mas este processo de reparação pode levar a erros, criando mudanças involuntárias no genoma.

O novo sistema, descrito em um artigo publicado na revista Nature, procede de outra forma, destaca seu principal autor, Samuel Sternberg.

Este bioquímico e sua equipe exploraram as propriedades dos "transposons" ou "genes saltadores", fragmentos de DNA capazes de se mover ou se copiar de um lugar para outro nos cromossomos.

Estes genes "possuem todas as propriedades químicas necessárias para se inserir diretamente (...) sem ruptura de dois filamentos de DNA", explicou o cientista à AFP.

Este sistema abre o caminho para a intervenção sobre alguns tipos de células, como os neurônios, onde as tesouras moleculares não funcionam bem, ou para a edição do genoma de comunidades complexas de bactérias, como a microbiota intestinal, acrescenta.

Fonte: AFP

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.