Bem-vindos ao site do Focep!


 

Prev Next Page:

Pesquisadores criam nova molécula para tratar insuficiência cardíaca

Notícias 18-01-2019 Lilian Russo

Pesquisadores criam nova molécula para tratar insuficiência cardíaca

Um grupo de pesquisadores do Brasil e dos Estados Unidos desenvolveu uma molécula que freia o avanço da insuficiência cardíaca e ainda melhora a capacidade do coração em bombear sangue.Ratos com quadro de insuficiência cardíaca tratados por seis semanas com a molécula, denominada SAMbA, apresentaram não s&oacut...

Read more

Cientistas transformam células de câncer de mama em gordura

Notícias 17-01-2019 Lilian Russo

Cientistas transformam células de câncer de mama em gordura

Pesquisadores conseguiram transformar com sucesso células de câncer de mama em adipócitos (gordura) para impedir que elas se espalhassem no organismo de camundongos. No estudo, eles exploraram o caminho que as células cancerígenas fazem. Os resultados são considerados promissores.

Read more

Inscrições abertas para a reunião do dia 11 de março

Notícias 15-01-2019 Lilian Russo

Inscrições abertas para a reunião do dia 11 de março

No dia 11 de março de 2019, acontece a Abertura da Semana Municipal de Pesquisa Clínica e a primeira reunião do Focep, na Câmara Municipal de São Paulo. O tema central é: " Processos regulatórios da Pesquisa Clínica: pontos críticos, avanços e desafios futuros".

Read more

Semana Municipal de Informação e Divulgação da Pesquisa Clínica

Notícias 14-01-2019 Lilian Russo

Semana Municipal de Informação e Divulgação da Pesquisa Clínica

A Semana Municipal de Informação e Divulgação da Pesquisa Clínica acontece de 11 a 16 de março. Dia 11 de março das 14h às 18h (segunda-feira):

Read more

Julho Amarelo: lei institui mês de combate a hepatites virais

Notícias 11-01-2019 Lilian Russo

Julho Amarelo: lei institui mês de combate a hepatites virais

Lei sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro e publicada, nesta sexta-feira (11/1), no Diário Oficial da União institui o Julho Amarelo para combate às hepatites virais. De acordo com o texto, a campanha deve ser realizada todos os anos, em todo o território nacional.

Read more

Em discussão: boas práticas de processamento de dispositivos médicos

dispositivos Desde ontem, terça-feira (8/1), está aberto o prazo para contribuições do público em geral com relação a dois temas cruciais para a saúde da população. O primeiro deles diz respeito aos requisitos de boas práticas para o processamento de produtos utilizados na assistência à saúde. O objetivo da Anvisa com a proposta de uma Resolução da Diretoria Colegiada (RDC) que estabelece esses requisitos é aperfeiçoar o gerenciamento de riscos associados ao processamento de dispositivos médicos.
Já o segundo trata de uma Instrução Normativa (IN) que estabelece as diretrizes

de garantia da qualidade nos serviços de saúde e tem como objeto principal a validação, o monitoramento e o controle da rotina dos processos de esterilização e dos processos automatizados de limpeza e desinfecção nesses serviços.

Processamento de dispositivos médicos
O processamento de dispositivos médicos é a prática de descontaminar e preparar tais produtos, utilizados no apoio ao diagnóstico e terapia e na assistência aos pacientes, como cirurgias, procedimentos e alguns tipos de exames. O objetivo dessa ação é garantir a reutilização ou o descarte seguro desses produtos nos serviços prestados por profissionais de saúde em hospitais, clínicas, consultórios médicos e odontológicos, entre outros.

Fazem parte dessa prática as diversas etapas de pré-limpeza, limpeza, desinfecção, esterilização e outros processos aplicáveis aos dispositivos médicos como instrumentais cirúrgicos, endoscópios dos mais diversos tipos, pinças e materiais utilizados para procedimentos gastrointestinais, urológicos, oftalmológicos, odontológicos e nas mais diversas especialidades. Envolvem, portanto, diferentes tipos de profissionais e serviços de saúde.

Consultas Públicas
Acesse a Consulta Pública 585, sobre boas práticas para o processamento de produtos utilizados na assistência à saúde, e a Consulta Pública 586, sobre garantia da qualidade nos serviços de saúde. Ambos os temas fazem parte da Agenda Regulatória 2017-2020 da Anvisa, que contém as questões estratégicas e prioritárias para a Agência e sinaliza o que será regulado por ela nos próximos anos.

Como participar
Os comentários e sugestões relativos à CP 585 deverão ser enviados por meio do formulário eletrônico, disponível a partir desta terça-feira (8/1). Já aqueles que dizem respeito à CP 586 podem ser feitos em outro formulário eletrônico, que também já está disponível.

As contribuições recebidas são consideradas públicas e podem ser acessadas por qualquer interessado, no menu "Resultado" dos formulários eletrônicos, inclusive durante o processo de consulta. Depois de preencher o formulário, o participante receberá um número de protocolo, sendo dispensado o envio postal ou o protocolo presencial de documentos em meio físico junto à Agência.

Aqueles que não têm acesso à internet também podem participar. Nesse caso, as sugestões e comentários podem ser enviados por escrito, durante o prazo da consulta (8 de janeiro a 9 de março de 2019), para: Agência Nacional de Vigilância Sanitária – Gerência Geral de Tecnologia em Serviços de Saúde (GGTES) – SIA, Trecho 5, Área Especial 57, Brasília-DF, CEP 71.205-050. Como há duas consultas públicas com temas diferentes, é importante que o remetente especifique à qual delas as suas contribuições se referem.

Excepcionalmente, contribuições internacionais poderão ser encaminhadas em meio físico, para o seguinte endereço: Agência Nacional de Vigilância Sanitária – Assessoria de Assuntos Internacionais (Ainte) – SIA, Trecho 5, Área Especial 57, Brasília-DF, CEP 71.205-050.

A Anvisa poderá, conforme a necessidade e razões de conveniência e oportunidade, articular-se com órgãos e entidades envolvidos com o assunto, bem como aqueles que tenham manifestado interesse na matéria, para subsidiar posteriores discussões técnicas e a deliberação final da Diretoria Colegiada.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.